publicos

terça-feira, 22 de abril de 2014

Variedades de vinhos

Bacalhôa Moscatel de Setúbal Colheita 2003

Região: Moscatel de Setúbal
Produtor: Bacalhôa Vinhos de Portugal
Castas: Moscatel de Setúbal
Custo: 4,00-5,00 €
Álcool: 17,5º
Vertido na folha: Laranja ambarino.
 Aroma dominado pelas notas de casca
 de laranja cristalizada, 
algum floral 
e notas caramelizadas.
 Muito fresco na boca, 
com fruto seco, 
alguma ambivalência doce/seco, 
o final é meloso e complexo permanecendo 
um toque agradável a alperce e caramelo.
 Aposta sempre segura em moscatéis de entrada
 de gama a um preço muito sensato.
 Apreciado em Junho de 2010.



Bacalhôa Moscatel de Setúbal Colheita 2004

Região: Moscatel de Setúbal
Produtor: Bacalhôa Vinhos de Portugal
Castas: Moscatel de Setúbal
Custo: € 4,99 (Continente)
Álcool: 17,5º
Vertido na folha: Mais escuro que 
em anteriores colheitas. 
Nariz impositivo com 
notas compotadas, 
em detrimento das notas mais
 florais e cítricas habituais. Bom volume de boca,
 alguma austeridade e notas meladas 
no final de bom comprimento.
Consumido: Novembro 2010
Apreciação: Cordial



Cova da Ursa Chardonnay 2010 (Branco)

Região: Setúbal
Produtor: Bacalhôa Vinhos de Portugal

Castas: Chardonnay
Custo: € 7,08 (Continente; preço promocional)
Álcool: 14%
Vertido na folha: Cor carregada, dourada.
 Boa intensidade aromática e prazenteiro 
com notas amanteigadas, maçã verde e vegetais
 acompanhadas pelos fumados de barrica.
 Boca untuosa, viva e bem proporcionada,
 óptimo corpo e amplitude com as características
 notas de barrica a mostrarem-se. Final longo.
 Prazer garantido.
Rolha: Natural, bom estado,
 apenas molhada na base
Consumido: Abril 2012
Apreciação: Com Alma


Catarina 2012 (Branco)

Região: Setúbal
Produtor: Bacalhôa Vinhos de Portugal
Castas: Fernão Pires, Arinto, Chardonnay

Custo: € 4,29 (Jumbo)
Álcool: 14,0%
Vertido na folha: Cor citrina.
 Nariz relativamente intenso e prazenteiro 
com um misto de fruta, perfume flora
 e ligeira barrica.
 Na boca é muito redondo e equilibrado, 
com alguma sensação de gordura, 
eventualmente dada pelo Chardonnay,
 e boa persistência final. A beber com
 moderação
 já que os 14% de álcool podem subir
 à cabeça dos menos cautelosos.
Rolha: Natural, bom estado,
 apenas molhada na base
Consumido: Outubro 2013
Apreciação: Companheiro